Zona de Escalada da Fraga - Vila Nova de Poiares

 

 

 

croqui poiares A42ZONA DE ESCALADA DA FRAGA, Vila Nova de Poiares

Uma zona de escalada quase exclusiva para iniciação e para os diferentes níveis etários nem sempre é fácil encontrar no nosso país e mesmo as vias de grau mais acessível dos sectores de escalada que encontramos nem sempre permitem a iniciação para os mais jovens. É comum em França, Espanha e em toda a Europa encontrar em muitas zonas de escalada, vias que proporcionam o ambiente familiar com muitas crianças a escalar de forma autónoma. Quando mergulhamos na realidade portuguesa não encontramos isso tão facilmente. Não será um dos fatores que condicionam a evolução da escalada em Portugal?

A FPME tem presente que para o desenvolvimento de uma zona de escalada com tais características, é necessária a parceria com entidades públicas, municípios, clubes entre outros organismos para que assim se cumpram os desígnios a que a Federação se propõe para o desenvolvimento da modalidade.

Recuemos um pouco até ao início de 2018.

 

16

Numa conversa antiga com o José Miguel Pereira (autor da primeira via no Penedo da Desgraça) falou-se de uma falésia em Vila Nova de Poiares com potencial para abertura de vias de desportiva. Aproveitando um dos momentos em que tais memórias vêm à cabeça, decidi visitar o local. 

 Chegado a Vila Nova de Poiares, na rotunda que demarca a interseção da famosa Nacional 2 com a EN17, avistei uma linha de cumeada à minha esquerda e deduzi que seria o local que correspondia à descrição do José Miguel. Já na EN17, perto do local, rumei à minha direita em direção ao “Complexo de Piscinas da Fraga”. Continuando na estrada principal até à aldeia de Alveite Grande, deparei-me com uma falésia de quartzito, estacionei o carro e na estrada orientado de frente para a dita falésia, a uma distância de aproximadamente 100 metros, apreciei de facto a existência do potencial, “agora faltava confirmar”. Feita a aproximação ao sector principal surgiram-me algumas dúvidas, não pela qualidade da rocha e da escalada, mas sim pelo investimento de material e empenho que seriam necessários para a criação de uma zona de escalada. 

20

Após ter reconhecido o sector mais evidente, fiz uma abordagem aos afloramentos rochosos mais acima e fui surpreendido por uma pequena falésia, escondida por sobreiros queimados e por jovens eucaliptos, que rompiam as terras sofridas pelo violento incêndio de outubro de 2017. Descrevendo a surpresa ao ver a pequena falésia, se me permitem, veio-me à memória uma experiência de escalada em Ailefroide (França), num sector de vias de placa onde observei crianças com idades de 8 a 10 anos perfeitamente autónomas a escalar. Realidade muito rara em Portugal, infelizmente. Voltando ao potencial sector de escalada, não de vias de dificuldade, mas sim de iniciação à prática, este sector poderia servir muito bem para o enquadramento da modalidade para os mais jovens.

No entanto, a pretensão em dar vida a uma nova zona de escalada ficaria a marinar por algum tempo, seria necessário encontrar tempo, motivação e meios. Na realidade, ao refletir sobre o que vi, rapidamente cheguei à conclusão que para este local serviria um projeto entre a Federação e a Autarquia.

Por coincidência no final do verão de 2018, surgiu um contacto por parte da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares para desenvolver um projeto com a FPME envolvendo a escalada. Agendámos a visita e em conversa com o técnico de desporto falámos das falésias junto ao “Complexo de Piscinas da Fraga” e no local explicámos que estas poderiam ter de facto um potencial para a iniciação à modalidade com características e valências muito próprias.

12

Aliado a este projeto está também a dinâmica emergente relativamente à escalada em rocha sob a égide da FPME, com iniciativas regulares e estruturadas promovidas por uma equipa multidisciplinar de técnicos voluntários. Passou o inverno, já em 2019, com uma equipa de trabalho e com ideias e objetivos bem definidos, lançamo-nos no primeiro projeto de equipamento de uma zona de escalada dirigido pela FPME, onde o desafio em dar vida a uma nova zona de escalada com tais caraterísticas, coloca-nos perfeitamente alinhados com o desígnio acima referido.

          A Zona de Escalada da Fraga situa-se na freguesia de São Miguel, em Vila Nova de Poiares e nasceu da parceria entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares e a Federação Promotora de Montanhismo e Escalada com o objetivo de proporcionar aos praticantes, mais uma possibilidade de prática de escalada na zona centro do país. 

No entanto, as particularidades da rocha e das vias propriamente ditas permitem o contacto com modalidade para diferentes níveis de experiência dos escaladores, sendo que, a maioria das vias são para o nível de iniciação, estabelecendo assim, uma identidade própria.

A experiência em praticar escalada na Zona de Escalada da Fraga pode ir de encontro ao enquadramento com crianças, jovens e até adultos que estão na fase de iniciação da modalidade, permitindo também uma evolução do nível de escalada. Aliada à escalada está também o lazer, nomeadamente nos meses de verão, com a visita ao complexo de Piscinas da Fraga a pouco mais de cinco minutos a pé.

0708Localizados na proximidade do complexo de Piscinas da Fraga, os afloramentos rochosos de quartzito, têm uma orientação de leste o que possibilita a prática da escalada em quase todo o ano. Nos dias soalheiros de inverno a prática pode realizar-se nos períodos da manhã e nos períodos da tarde nos meses mais quentes do verão.

Nos quatro setores de escalada, o tipo de presa predominante é a “reglete”, sendo que no setor de iniciação as presas são mais ”generosas”, dando a este setor um  perfil para a iniciação e introdução da modalidade nas faixas etárias mais jovens - as vias de escalada, permitem o primeiro contacto e enquadramento junto de crianças e jovens e, mesmo para adultos que estão a iniciar a modalidade. 

No setor “Miradouro”, podemos contemplar a vista não só perante o Vale da Fraga mas também para Vila Nova de Poiares. Neste setor encontram-se cinco vias com dificuldades do IV+ ao 6c. Altura das vias: 8 a 10 metros.

Segundo a lenda, numa pequena gruta de um dos penedos do Monte da Fraga, viveu um mouro com a sua família, daqui derivando o nome do “Penedo Mouro”, neste setor estão equipadas duas vias na gruta com uma dificuldade superior (6c e 7a). Altura das vias: 8 metros.

01No lado oposto do vale, existe um outro penedo que segundo os populares, a designação de “Penedo da Desgraça”, deve-se ao facto da dificuldade em vencer o desnível na busca de lenha e pasto para os animais. 

Aqui encontra-se a maior concentração de vias, 19 no total, ofeecendo aos praticantes, vias de qualidade e diversidade técnica até à dificuldade de 7b+. Ainda neste sector, encontra-se a primeira via de escalada aberta nesta escola, no ano de 2007, por José Miguel Pereira. A via “Zé Cogumelo” é uma via de autoproteção, sendo necessários os respetivos equipamentos - a reunião está equipada. Altura das vias: 10 a 18 metros.

10A “Rua Sésamo” é o ex-libris desta zona para a iniciação à escalada, oferecendo aos praticantes de todas as faixas etárias, quinze vias com dificuldade do III grau ao 6a - é sem dúvida o sector onde o conceito “escalada em família” serve na perfeição. Tem a particularidade da existência de duas vias que permitem a iniciação à escalada “multi-largos”. Altura das vias: 5 a 15 metros.

Participaram neste projeto: Filipe Cardinal, João Évora, Rodrigo Lemos, Francisco Crisanto, Luís Belo, Bruno Gaspar, Natália Pereira, Sérgio Sá, Marco Cunha e Margarida Silva.

            Agradecemos o envolvimento, empenho e recursos disponibilizados pela Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares e Junta de Freguesia de São Miguel de Poiares para a concretização de todas as fases deste projeto. Por fim um agradecimento especial ao fotógrafo Fábio Silva pela ajuda na captação de imagens. 

Autor: Bruno Gaspar

18

 

 

croqui poiares A41

 

 

 ......


VISITANTES

HojeHoje206
OntemOntem3530
Este MêsEste Mês60243
TOTALTOTAL2081801

PARTNERS

Facebook Photo Albums

Calendário de Atividades

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

Associações Filiadas

  • 100limites.png
  • 100trilhos.png
  • AASE.jpg
  • Academico de Torres Vedras.jpg
  • ACERT_LOGO_branco_cores.jpg
  • adercus_recer2.png
  • ADManteigas.jpg
  • adrc Gilmonde.jpg
  • AD Real Academia.png
  • ae-amigosacores.png
  • AEGSampaio.jpg
  • aguias_unidas.gif
  • Alagamares - Associacao Cultural.jpg
  • alto_trilho.jpg
  • AMEA.jpg
  • Amigos dos Acores.png
  • ARCAAlvelos.jpg
  • ARCDAE Ortigosa.JPG
  • AR Estrela do Sul.png
  • Associacao dos Amigos da Serra da Estrela.png
  • Associacao Recreativa e Cultural Aguias de Alvelos.jpg
  • ATVedras.jpg
  • A_D_Rio_Largo_C_Espinho.jpg
  • Benjamim Salgado.JPG
  • CAAL.jpg
  • caalabig.jpg
  • CALAG.jpg
  • camir CA Mirandela.JPG
  • Campo Base.jpg
  • CAtetismo Barreira.PNG
  • CCD alvitejo.jpg
  • CCDFEP Linho.jpeg
  • CCDR Fundo da Vila.png
  • cdr-ctt.png
  • CEBI.jpg
  • cem.jpg
  • Clube de Escalada de Braga.jpg
  • Clube de Montanha Murca Desporto e Aventura.jpg
  • clube de montanhismo monsanto.jpg
  • Clube Maresia PMoniz.jpg
  • cmff.png
  • CMGuarda.jpg
  • CM Seia.jpg
  • cnm.jpg
  • CP Armada.jpg
  • DCaramulo.jpg
  • Desafia Sul.jpg
  • desnivel.jpg
  • EAMPorto3.jpg
  • estrela campo aviacao2.jpg
  • FC Mogadourense.jpg
  • FCPenafiel.jpg
  • GAMontanhismo.jpg
  • gardunhaviva.jpg
  • GCBragança.jpg
  • GD 3 Santos Populares.jpg
  • GDC Castelo de Paiva.jpg
  • GD Leoes da Guarda.jpg
  • GDRC Vilarelho.jpg
  • GEDA.jpg
  • GEFatima_Fetal.jpg
  • GEM.png
  • GMES.jpg
  • GM Vila Real.jpg
  • GPS-Sico.jpg
  • GR Mocidade Corveirense.jpg
  • grupoamizade.jpg
  • Grupo de Escalada de Fatima - Fetal.jpg
  • Jobra.jpg
  • Juventide vidigalense.jpg
  • Leoes Porto Salvo.JPG
  • LG_Aventura.jpg
  • logo-celtas.png
  • logo acert.png
  • logo alto trilho.jpg
  • logoasasmilenium.jpg
  • logo caal.png
  • logo_nesoure.jpg
  • Ludi Gim - Aventura Clube.jpg
  • montanheiros.jpg
  • NAM.png
  • NA Vila Real.PNG
  • NEDNTA_AE.jpg
  • NEL.jpg
  • NEMA-UM.jpg
  • NES.jpg
  • NEUAveiro.jpg
  • NME.jpg
  • Pacta.jpg
  • Peno Trilho.jpg
  • PinhaTotal.gif
  • PNTrilho.jpg
  • Porto Moniz.jpg
  • Power running.jpg
  • Remolpinta.jpg
  • Rio Largo.JPG
  • sulaventura.jpg
  • Trilhos.jpg
  • TRrampolins Stirso.jpg
  • UDDafundo.jpg