Home

Contest Soure 2 - Eliminatórias

Contest Soure 2 - Finais

CIRCUITO FPME DE ESCALADA DE BLOCO

cartaz soure3 2017

Soure, 16 de  dezembro 2017

Marcha Nacional de Montanha 2018

 

Marcha Nacional de Montanha 2018

26 a 28 de janeiro

(Brevemente mais informações)

Mesa da Assembleia-geral

EFECTIVOS  

PRESIDENTE: JOSÉ ANTÓNIO DE SOUSA BARROS BASTO

VICE-PRESIDENTE: DAVID MANUEL ALMEIDA MOUTINHO AROUCA

SECRETÁRIO: LUÍS ALBERTO SANTOS POEIRA

SUPLENTES

JOÃO PEDRO CARVALHO LEAL MENDES MOREIRA

PRESIDENTE DA DIRECÇÃO

CARLOS MANUEL MOREIRA GOMES

DIRECÇÃO

EFECTIVOS

VICE-PRESIDENTE: JOSÉ AUGUSTO AZEVEDO VELOSO

VICE-PRESIDENTE: ALBERTO JORGE SANTOS CRUZ

SECRETÁRIO: EMANUEL RENATO SOUSA OLIVEIRA

TESOUREIRO: LUÍS FERNANDO MIRANDA GUIMARÃES

SUPLENTES

LUÍSA MARIA PINTO FERREIRA

SARA GABRIELA FERREIRA DUARTE

CONSELHO FISCAL

EFECTIVOS

PRESIDENTE:

MARIA VITORIA MARQUES FERREIRA

RELATOR: LUÍS FILIPE MADEIRA

SECRETÁRIO:JOSÉ MANUEL MACHADO POMBO DUARTE

SUPLENTES

GONÇALO FONSECA FRAGA

CONSELHO DISCIPLINAR

EFECTIVOS

PRESIDENTE:ANA SOFIA MATOS GOMES

VOGAL:JOÃO LUÍS MENDES DE SOUSA ADAXO

VOGAL: CARLOS MANUEL ANDRADE COSTA

SUPLENTES

NUNO CARLOS REIS DOS SANTOS

CONSELHO DE ARBITRAGEM E COMPETIÇÕES

EFECTIVOS

PRESIDENTE: JOSÉ PEDRO HENRIQUES LOPES

VOGAL: VITORIA DA CONCEIÇÃO SILVA COELHO LOPES

VOGAL: SÍLVIO NELSON DA ROCHA MORGADO

SUPLENTES

MÁRIO MANUEL RODRIGUES VENTURA

CONSELHO JURISDICIONAL

EFECTIVOS

PRESIDENTE:JOSÉ HELIODORO MARINHO TROCADO MOREIRA

VOGAL: ALEXANDRE MORAIS MOUTINHO BARBOSA GRANHÃO

VOGAL: RUI MANUEL MATOS CASTRO MARTINS

SUPLENTES

JOSÉ MIGUEL DA SILVA E SOUSA ABREU


comun de imprensa

Tendo em conta a publicação recente de algumas noticias em diversos órgãos da comunicação social relativamente à situação da escalada de competição em Portugal e à participação de atletas portugueses nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, a Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada (FPME) considera necessário e extremamente oportuno fornecer algumas notas que clarifiquem a situação e para as quais peço a vossa atenção:

1 A Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada (FPME) é a única federação portuguesa reconhecida internacionalmente para poder apresentar atletas em competições internacionais, campeonatos europeus, mundiais e jogos olímpicos.

2. A FPME é a única federação portuguesa membro efetivo da instituição que rege a escalada de competição nível mundial, a International Federation of Sport Climbing (IFSC), reconhecida pelo Comité Olímpico Internacional.

3. A representação de atletas portugueses nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 não está em risco nem comprometida por diferendos ou impasses entre federações. A FPME, como é sua missão, possui um projeto olímpico que já se encontra em fase de implementação desde 2016 e que tem como base os atletas que participam nos estágios e competições nacionais e internacionais.

4. A participação nas provas internacionais de apuramento, com os regulamentos já definidos pelo IFSC e Comité Olímpico Internacional (COI) é o único modo de poder obter as classificações mínimas para os atletas portugueses poderem participar nos referidos jogos não dependendo, portanto da sua vontade, ou desejo, mas sim dos resultados que  obtiverem nas competições internacionais de apuramento para os JO.

5. Apesar de, só a partir de 2016 a escalada de competição ter integrado no lote de modalidades olímpicas, a FPME, desde 2004, participa regularmente em competições internacionais sob a égide da IFSC, tendo em 2016 e 2017 organizados, em Portugal, provas do Campeonato da Europa desta modalidade.

6. A FPME à luz das decisões tomadas pelo Comité Olímpico Internacional que definem claramente a necessidade dos Comités Olímpicos Nacionais de integrarem como membros de pleno direito as federações nacionais que representam internacionalmente as modalidades consideradas olímpicas, solicitou já a sua inclusão no Comité Olímpico de Portugal.

Espinho, 20 de junho de 2017

P'A Direcão

luto laço grandeEstupefactos e impotentes perante o terrível incêndio que assolou o centro do país e horrorizados com a dimensão da tragédia que tantas vítimas provocou, resta, em nome da FPME e a título pessoal inclinarmo-nos respeitosamente perante tantas vitimas inocentes e prestar as nossas mais fortes condolências aos seus familiares e amigos, desejando, repetimos, desejando e exigindo que tragédias destas nunca mais voltem a acontecer em Portugal. Todos nós e em particular aqueles que detém responsabilidades governativas tudo deverão fazer para acabar de vez com este drama cíclico dos incêndios que ano após ano vai matando gente e destruindo o património florestal e agrícola do país. Não podemos falhar sob pena de não respeitarmos a memória daqueles e daquelas que morreram, fossem eles "civis" ou os bombeiros que abnegadamente se entregaram na luta pela salvaguarda das pessoas e dos seus bens.

A Direção

LogoEYCSoure2017pAgradecimento

A todos que participaram e contribuíram para o sucesso da realização da prova do Campeonato da Europa de Escalada, realizada em Soure nos dias 20 e 21 de maio, a Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada e o Núcleo de Escalada de Soure, vêm por este meio, enaltecer o envolvimento e dedicação de todos os colaboradores, voluntários, parceiros e patrocinadores, que fizeram, mais uma vez, desta prova, um grande evento para a escalada de competição.


Pelo segundo ano consecutivo, a FPME assume-se, junto das instituições que tutelam a modalidade a nível internacional, uma referência pela sua estrutura organizativa, oferecendo a todos os atletas, treinadores e os demais colaboradores/acompanhantes uma competição de grande nível, colocando o nosso país no panorama internacional das competições de escalada de bloco sobre a égide da IFSC (International Federation fo Sport Climbing).

Obrigado a todos!

A direção

CORPOS GERENTES DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE MONTANHISMO E ESCALADA

QUADRIÉNIO 2017 -2020

 

MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL

Efectivos

Presidente: DAVID Manuel Almeida Moutinho Arouca (CNM)

Vice-Presidente: PAULO JORGE CUSTÓDIO COSTA ( CAAL)

Secretário: rODRIGO MARQUES LEMOS (Clube de MOntanha Alto Trilho)

suplentes: EMANUEL DE OLIVEIRA (CELTAS DO MINHO)

PresidÊNCIA

Carlos Manuel Moreira Gomes (gmvr)

Direcção

Efectivos

Vice-presidente: José Augusto Azevedo Veloso (caal)

Vice-Presidente: Alberto Jorge Santos Cruz (nesoure)

Secretário: Tiago vasconcelos duarte moreira pais (desnivel)

Tesoureiro: sandra cristina viamonte teixeira (GMVR)

SUPLENTES: Luís Fernando Miranda Guimarães (calag)

Conselho Fiscal

Efectivos

Presidente: Carlos Góis (CAAL)

Relator: ermesendo fernando farias santos (CMG)

Secretário: MÁRIO MANUEL RODRIGUES VENTURA (CNM)

Suplentes: fernando Jorge JORGE BRÁS DA COSTA Correia (n. EScalada d Soure)

Conselho Disciplinar

Efectivos

Presidente: Antonio caseiro marques (GMVR)

Vogal: Paulo JOSE MENDES barcelos (Os MONTANHEIROS)

Vogal: Carlos baía santos (CMG)

Suplentes: Ana sofia matos gomes (GMVR)

Conselho de Arbitragem e Competições

Efectivos

Presidente: José Pedro Henriques Lopes (ada desnivel)

Vogal: Filipe cardinal quinta simões (CEM)

VoGAL: NUNO MIGUEL FERREIRA GONÇALVES (Núcleo de MOntanha de Espinho)

Suplentes: natália Pereira (CEM)

Conselho Jurisdicional

Efectivos

Presidente: José Heliodoro Marinho Trocado Moreira (CNM)

Vogal:  DAVID AUGUSTO RODRIGUES (AMEA)

Vogal: hugo manuel moderno silva neves (GPS)

Suplentes: Bruno MARTINS GASPAR (cL.mONT.figueira foz)

CORPOS GERENTES DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE MONTANHISMO E ESCALADA

QUADRIÉNIO 2012 -2016

Eleita em Assembleia-Geral Eleitoral realizada em 1 de Dezembro de 2012

MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL

Efectivos

Presidente: David Manuel Almeida Moutinho Arouca (CNM)

Vice-Presidente: António manuel Cabral Ribeiro (Águias Unidas-Seixal)

Secretário: Rodrigo Marques Lemos (ACERT)

Suplente: Alexandre José da Costa Velhinho (CAAL)

Presidente da Direcção

Carlos Manuel Moreira Gomes (GMVR)

Direcção - Efectivos

Vice-presidente: José Augusto Azevedo Veloso (CAAL)

Vice-Presidente: Alberto Jorge Santos Cruz (NESoure)

Secretário: Tiago Vasconcelos Duarte Moreira Pais (ADA Desnivel)

Tesoureiro: Sandra Cristina Viamonte Teixeira (GMVR)

Suplente: Luís Fernando Miranda Guimarães (CALAG)

Conselho Fiscal

Efectivos

Presidente: Ana Cristina Alves Esteves Ferreira Viamonte (GDC Vilarelho)

Relator: Ermesendo Fernando Farias Santos (CMG)

Secretário: Carlos Góis (CAAL)

Suplente: Paulo Jorge Custódio da Costa (CAAL)

Conselho Disciplinar

Efectivos

Presidente: António Caseiro Marques (GMVR)

Vogal: João Luís Mendes de Sousa Adaxo (CMG)

Vogal: Carlos Baía Santos (CMG)

Suplente: Ana Sofia Matos Gomes (GMVR)

Conselho de Arbitragem e Competições

Efectivos

Presidente: José Pedro Henriques Lopes (ADA Desnivel)

Vogal: Vitória da Conceição Silva Coelho Lopes (ADA Desnivel)

Vogal: Sílvio Nelson da Rocha Morgado (NME)

Suplente: Filipe Cardinal Quinta Simões (CEM)

Conselho Jurisdicional

Efectivos

Presidente: José Heliodoro Marinho Trocado Moreira (CNM)

Vogal: Alexandre Morais Moutinho Barbosa Granhão (CNM)

Vogal: Hugo Manuel Moderno Silva Neves (GPS)

Suplente: Bruno Martins Gaspar (CM Fig. Foz)

O referido acto decorrerá no próximo dia 23 de Novembro de 2008, pelas 12h00, na Nave Polivalente de Espinho e será seguido de um Porto de Honra.

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral 

Por razões organizativas, solicita-se e agradece-se a confirmação da presença de V. Exa. até ao dia 20 de Novembro de 2008; 

FAX: 227310161 ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

FPME JÁ TEM NOVOS CORPOS SOCIAIS
Conforme se previa, decorreu, com toda a normalidade, o acto eleitoral que legitimou a candidatura da lista única aos Corpos Sociais da nossa federação.A votação decorreu na Nave Desportiva de Espinho e, apesar do número de clubes votantes ter ficado aquém do esperado, houve satisfação geral pelos resultados eleitorais -  a lista candidata foi votada por unanimidade.


Com pressa de trabalhar, a direcção eleita deseja que a tomada de posse ocorra tão cêdo quanto possível. Após um  precoce diagnótico foi consensual para ela a necessidade de resolver muitas questões pendentes, algumas delas prioritárias tais como o Plano de Actividades para 2008, Seguros desportivos 2009, formação, contactos formais com clubes filiados, Estatuto de Utilidade Pública.

Calendário de Atividades

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30